sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Ágora - Medo de ficar solteira

Oi Bia, por favor me deixe como anônima. Eu queria mandar uma pergunta pro seu blog, sobre relacionamento amoroso. Tenho 37 anos e ainda não me casei. Já tive namoros longos, terminei meu último namoro faz 2 anos já e desde então nunca mais arrumei homem nenhum. Eu me sinto envelhecer e diminuindo a cada dia as minhas chances de ser feliz no amor. Sou bonita e bem sucedida, não sou exigente demais, até conheço alguns homens com quem poderia dar certo mas não consigo me interessar por eles e muito menos imaginar o resto da vida ao lado deles. Minha família e meus amigos me cobram muito nesse sentido e apesar de eu ter uma carreira brilhante eu me sinto fracassada por não ter me casado. Queria uma orientação. Obrigada.
Anônima


Bom dia, Anônima.

É interessante perceber o quanto as pessoas projetam a felicidade em relacionamentos. Lendo seu email, a primeira coisa que me perguntei foi: será que ela realmente quer um companheiro ou quer apenas mostrar para os familiares e amigos que foi "capaz" de se casar? Acredito que este é um ponto interessante de começar a pensar. Muitas pessoas hoje em dia acreditam que quem está solteiro não pode ser feliz, e isso é uma grande mentira. Porque a felicidade não é o resultado direto da vida que temos, e sim um sentimento. E sendo um sentimento, ela depende apenas de nós mesmos.

Outro ponto que me chama a atenção é uma certa ansiedade. Já ouviu dizer que em momentos especiais a ansiedade só atrapalha? Na busca por um relacionamento não é diferente. Penso que o primeiro passo é respirar e ter calma. Qual o valor de "tentar" um relacionamento sério e estável com qualquer pessoa que parece legal, sem sentir nada, sem grande envolvimento? As chances de isso dar certo, a princípio, não são muito grandes...

O amor não é um sentimento que vem pronto. É diferente da paixão, aquele encantamento. Eu diria até que a paixão é uma fase de algo que pode virar amor, um tempo para o casal se envolver e construir, juntos, na convivência, o amor. Por isso, acho muito difícil encontrar amor por aí, em qualquer pessoa que parece legal. Ser feliz no amor (ou em qualquer outra área da vida) exige empenho e envolvimento, exige que as duas pessoas queiram construir um relacionamento harmonioso. Um relacionamento não dá certo por sorte ou por um simples acaso. O relacionamento dá certo quando o casal se permite estar envolvido, sem jogos e sem medo, e aí fazem dar certo, fazem o amor crescer e o relacionamento se desenvolver. Por isso, não tenha pressa. O amor é uma coisa humana, sempre podemos encontrá-lo, em qualquer idade ou situação que se esteja vivendo, desde que estejamos abertos a vivê-lo em todas as suas possibilidades.

beijo,
Bia


Para participar da coluna Ágora, envie a sua pergunta para o email bf.carunchio@gmail.com, você também pode participar enviando sua pergunta através da nossa página no Facebook ou do meu perfil pessoal.  Você tem a opção de se identificar ou de se manter como anônimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário