terça-feira, 18 de novembro de 2014

Mythos - Ares: força e coragem

Nos mitos gregos, Ares é o deus da guerra. Não como Atena, que é ligada à guerra pelas estratégias que desenvolve, mas como alguém que usa a força física como principal meio de ação. Ele era representado como um guerreiro forte e corajoso, com sua armadura grega.



Quanto às interações com outros deuses, Ares é filho de Zeus e Hera, o rei e a rainha do Olimpo. É o principal amante de Afrodite, deusa do amor e da beleza, que era esposa de Hefesto, deus ferreiro e irmão de Ares.

Um ponto curioso dos mitos que cercam Ares, e ao qual vamos nos ater nas questões para reflexão, é que quando Ares nasceu, os Alóades (dois irmãos gigantes) o prenderam por treze meses num jarro. Ele só conseguiu se libertar quando Zeus enviou Hermes (o Deus da comunicação, também ligado à mediação e negociação) para ajudar.


Questões para reflexão:

1- O primeiro ponto que chama a atenção é a forma como nossa sociedade, assim como a dos antigos gregos, tende a lidar com a agressividade. Ela é desvalorizada, muitas vezes vista como algo inferior, de pessoas que "não sabem usar a razão". Como consequência, ela fica escondida no jarro... Entretanto, para os psicólogos a agressividade não é sempre ruim. Ela não está ligada apenas à violência gratuita ou a comentários grosseiros. A agressividade pode ser usada de forma positiva, como autodefesa ou para se impor num ambiente mais hostil ou competitivo. Um exemplo concreto é a alimentação. Quando comemos, picamos, cortamos, mastigamos e moemos a comida. É algo agressivo, mas sem isso não sobrevivemos. Como está a sua agressividade? Precisa ser controlada e educada, caso tenha um perfil mais explosivo? Ou ao contrário, precisa vir à tona (de forma equilibrada, claro) para que você aprenda a se impor e se fazer respeitar?

2- Ares no jarro encena claramente um rito de passagem masculino. Em diferentes povos, o rito de passagem dos meninos para a vida adulta é semelhante à situação de Ares: ficam no escuro, sujeito a diversos perigos e ameaças, precisam aprender a gerenciar riscos, suportando o medo e mesmo a dor. Enfim, precisam encontrar sua coragem. E hoje em dia, como você percebe que somos cobrados (independente do gênero ou faixa de idade) a demonstrar nossa coragem? Outro ponto: você ao longo da vida foi incentivado a demonstrar força e coragem ou, ao contrário, a ter atitudes mais delicadas? Como isso repercute na sua vida?

3- Ares só se libertou do jarro com a ajuda de Hermes. Num mito, podemos pensar as diferentes personagens como lados diferentes de uma mesma pessoa. Assim, existem situações em que, por maior que seja a força física, o poder de persuasão e negociação é o que vence. Como é esse equilíbrio no seu dia a dia?

Um comentário:

  1. Muito bom esse post, parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir